Circuito das Igrejas do Recife

Recife preserva muito do seu período colonial e um pouco desse legado se pode encontrar nas dezenas de igrejas que fazem parte do cenário urbano da capital pernambucana. Percorrer um dos mais ricos conjuntos de arte sacra do país é uma verdadeira aula de história, arte e cultura. Esse post foi escrito após um dia de visitas às principais e procurei organizar de acordo com a proximidade entre elas, para que fique viável num passeio de um dia.


1- Bairro de São Antônio

Basílica e Convento Nossa Senhora do Carmo


O conjunto arquitetônico (basílica e convento de N.S. do Carmo e Igreja de Sta. Teresa da Ordem Terceira do Carmo) finalizado no século 18 (1687-1720), foi erguido no lugar onde existiu o Palácio Boa Vista (residência de Maurício de Nassau).

É considerada uma obra prima do Rococó, devido ao seu frontispício alongado e com várias volutas
 No altar dourado com talhas em estilo rococó, está a imagem da padroeira Nossa Senhora do Carmo, em tamanho natural. 

A basílica tem o forro da capela-mor pintado em tons de azul e dourado.O altar principal abriga valiosas coroas de ouro e pedras preciosas. Balcões com balaustradas ornadas contornam toda a nave e estão decorados por quadros com molduras ricamente trabalhadas.
Na lateral da Igreja, parte do Convento, apresenta paredes com azulejos. Foi nesse convento que Frei Caneca ordenou-se sacerdote. 
A Igreja possui um cemitério interno, na sua lateral, onde há lápides de pessoas ilustres do século 19. Junto à Basílica (à esquerda) está a Igreja de Santa Teresa da Ordem Terceira do Carmo (1695-1710). Possui uma fachada recuada em estilo rococó e um átrio com palmeiras imperiais.

Serviço
Onde: Av.. Dantas Barreto- Largo N. S. do Carmo
Quando: 2ª a 6ª  das 7:00 às 17:00 h; aos sábados, das 7:00 às 12:00 h



Igreja Matriz de Santo Antônio

Erguida entre os anos de 1753-1790. Apresenta elementos barrocos com outros introduzidos em posteriores reformas (pinturas do forro do século 19 de autoria de Sebastião da Silva Tavares).

Sua fachada apresenta volutas e conchas nos portais. Foi utilizado arenito dos arrecifes na sua confecção. No frontão há um ostensório, um torçal na base das torres e uma cruz. O altar mor, em estilo rococó, possui talhas douradas. Há várias pinturas nas paredes.


Do forro da nave, decorado com painéis de Sebastião da Silva Tavares (pintor sacro do século 19), pende um exuberante lustre de cristal. Existem dois leões chineses em cima da parede do átrio.



Serviço
Onde:  Praça da Independência 
Quando: 2ª a 6ª, das 7:00 às 12:00 h e 14:00 às 18:00 h; 

               sábados das 16:30 às 18:30 h e domingos das 7:00 às 12:00 h e 16:30 às 18:30 h 




Capela Dourada


É considerada a expressão máxima da arte barroca no Recife. Erguida entre 1696 e 1724, pela Ordem Terceira de São Francisco de Assis. Há pinturas elaboradas no forro, quadros e painéis nas laterais (2 grandes mártires franciscanos estão representados).  O altar possui imagens do século 18. Há talhas recobertas por folhas de ouro no forro, altar e paredes
Pertence ao Conjunto Arquitetônico do Convento Franciscano, como também o Convento Franciscano de Santo Antônio (século 17), onde se encontram painéis com azulejos portugueses; a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco e o Museu Franciscano de Arte Sacra, criado em 1974,em cujo acervo constam crucifixos, candelabros, móveis, paramentos, santos, entre outros objetos religiosos.
Serviço
Onde: Rua Imperador Dom Pedro II
Quando: 2ª a 6ª, das 8:00 às 11:30 h e das 14 às 17:00 h; sábado, das 8:00 às 11:30 h




2. Bairro de São José

Basílica da Penha

Localizada na Praça Dom Vital, ao lado do Mercado São José, em estilo coríntio (referente à arquitetura grega), foi projetada por italianos que se inspiraram em igrejas venezianas. Construída no século 17, possui portas com bonitos trabalhos em talha.
Foi recentemente reaberta após sete anos fechada para restauração.

Igreja do Livramento

Construída em 1882, tem sua fachada em estilo barroco. No alto do frontispício há uma cruz de ferro. No Largo homônimo, há um casario em estilo colonial que teriam abrigado famílias abastadas do Recife, à época de sua construção.



Igreja de São Pedro dos Clérigos

Com fachada barroca e duas torres simétricas, trabalhadas em cantaria e arenito, que possuem no alto pináculos e cúpulas octogonais,  faz essa igreja ser considerada uma das mais bonitas do Brasil. Construída em 1782, sua fachada reproduz o Santuário de Santa Maria Maior de Roma. As armas de São Pedro e as imagens dos doze Apóstolos de Cristo e dos quatro Evangelistas estão entalhadas no teto da igreja, todo em madeira.
A Igreja, o Pátio de São Pedro, em frente, e as casas no entorno conservam o traçado urbano e a ocupação arquitetônica original.




Solano Trindade-Circuito dos Poetas
 "Vento forte da África"

Tem gente com fome 

Trem sujo da Leopoldina
correndo correndo
parece dizer
tem gente com fome
tem gente com fome
tem gente com fome 



Piiiiii
Estação de Caxias
de novo a dizer
de novo a correr
tem gente com fome
tem gente com fome

Comentários