Vistos


Além do passaporte, outros documentos e exigências podem ser solicitados em uma viagem internacional, principalmente após os atentados terroristas nos EUA, quando se tornaram mais rígidas as medidas de controle de entrada e circulação de estrangeiros na maioria dos países. Qualquer que seja o motivo de sua viagem para o exterior, poderá ou não ser solicitado o visto consular.








O Visto Consular é um documento emitido por um país com a permissão de entrada, por um determinado período de tempo, de uma pessoa naquele país. Neste documento está descrita a finalidade específica da viagem, determinando os tipos de vistos que podem ser emitidos.

  • Tipos de Vistos


Visto de Trânsito - geralmente válido por três dias ou menos, para passar por um país rumo a uma terceira localidade

Visto de Turista - para um período limitado de viagem a lazer, sem atividades de negócios permitidas.

Visto de Negócios - para envolvimento em comércio no país, geralmente com duração maior e de mais fácil renovação do que um visto de turismo 

Visto de Estudante - que permite ao seu dono estudar em alguma instituição do país 

Visto Diplomático - que confere à viagem status oficial e normalmente só está disponível para portadores de passaportes diplomáticos

Visto de Jornalista - que requer que pessoas nesta ocupação obtenham um visto ao viajar para suas respectivas organizações de notícias. 

Visto de Noivo(a) - dado por um tempo limitado antes da data de casamento baseada em relacionamento com um (a) futuro (a) companheiro (a) do país de destino (por exemplo, um brasileiro que deseja casar-se com uma italiana, ou um americano que deseja casar-se com uma brasileira.


  • Como e onde tirar o visto
Antes de viajar para qualquer país se informe sobre os critérios e exigências para entrada e permanência de estrangeiros. Para isso, entre em contato com a Embaixada ou Consulado do referido país (alguns podem não ter representação diplomática no Brasil). Cada um tem o seu próprio procedimento e critérios para liberação do visto.

Para alguns países, os brasileiros estão isentos de visto à turismo para permanência de até 90 dias. Outros exigem, além de toda a documentação e pagamento de taxa, uma entrevista nos seus consulados  para poder conhecer a pessoa que vai viajar, seus objetivos e comprovar a veracidade das informações que a mesma forneceu. 

Há os que disponibilizam um formulário pela internet e permitem que seja enviado preenchido, junto com a documentação solicitada, via correios, devolvendo a permissão da mesma forma. Porém, os casos em que não existe representação diplomática no Brasil o visto deverá ser solicitado em outro país (que tenha representação) por onde a pessoa deverá passar antes. Alguns permitem que o visto seja tirado nos aeroportos de países da fronteira ou no Setor de Imigração, ao chegar ao país.

Documentação que pode ser exigida para a retirada do visto:
  1. Formulário de solicitação de visto preenchido e assinado
  2. Recolhimento da taxa consular
  3. Foto recente
  4. Passaporte
  5. Cópia de vistos válidos
  6. CPF do requerente
  7. Comprovante de renda dos últimos 3 meses
  8. Cópia do Imposto de Renda
  9. Comprovante de movimentação de cartão de crédito dos últimos 3 meses
  10. Extratos bancários dos últimos 3 meses
  11. Comprovante de residência
  12. Cópia de escritura de imóvel (se possuir)
  13. Voucher do hotel ou carta convite
  14. Passagem aérea
Procedimentos exigidos pelos países( veja aqui)

Muitas vezes pode ser mais simples contratar os serviços de empresas especializadas na solicitação de vistos consulares (veja aquiaqui e aqui).

  • Sites Úteis

Representações estrangeiras no Brasil
Ministério de Relações Exteriores
EUA-Site Oficial de Vistos


  • Fique atento
-Se você não possui o visto que é exigido pelo país, poderá ser preso e deportado para o seu país de origem, como também se você tiver um determinado tipo de visto e estiver exercendo uma atividade diferente da finalidade do mesmo.


-Alguns países não exigem visto para turistas brasileiros. Essa dispensa não serve para quem for estudar ou trabalhar.


-Estar de posse de visto de entrada ou estar dispensado do visto não dá direito à entrada automática naquele país. A decisão final sobre sua entrada somente é dada pela autoridade de imigração. É decisão soberana de todo país aceitar ou não a entrada de cada estrangeiro no seu território. A desconfiança sobre os reais motivos da ida ao país é motivo suficiente para não permitir a entrada do estrangeiro.


-Alguns países árabes, além do Irã não concedem o visto se houver visto válido ou já tiver entrado em Israel.


-A recusa em conceder um visto não necessita ser justificada ao requerente.


-O tempo que você poderá ficar no país de destino será determinado pela autoridade de imigração no ponto de entrada. Verifique bem qual foi o prazo autorizado no seu caso.

-Leve consigo os endereços e telefones das Embaixadas e Consulados brasileiros no seu país de destino. Em caso de dificuldade, não hesite em contatá-las.

-Antes de embarcar para qualquer pais se informe sobre as condições do mesmo(meteorológicas, política, economia, estado de guerra, etc).

  • Como foi tirar o visto 
EUA

Comentários