Puerto Natales


A pequena cidade localizada na Patagônia Chilena desfruta de uma bela posição junto ao Estreito Última Esperança, um canal de águas azul turquesa, e orlando montanhas alinhadas do outro lado, pontilhadas de neve.  Não possui atrações turísticas, mas é uma ótima base para os que estão se dirigindo ao Parque Nacional Torres del Paine, no Chile, e do outro lado da fronteirana  Argentina, ao Parque Nacional Los Glaciares.







Foi nessa charmosa cidade que pernoitei três dias, duas antes de ir à Torres del Paine e a outra, quando retornei, na véspera de viajar para El calafate, na Argentina(veja aqui).

Já estava na Patagônia Argentina, mais precisamente em Ushuaia, quando embarquei em uma viagem de ônibus durante 12 horas, incluindo a travessia do Estreito de Magalhães, para chegar à Patagônia Chilena.(veja aqui).




08/01/2009          A Caminho de Torres Del Paine

...Cheguei a Puerto Natales na noite anterior por volta das 21 horas. O ônibus nos deixou em uma das ruas principais, já que a cidade não tem rodoviária. Peço informações sobre a localização do Hostel Lili Patagônico’s e vou puxando minha pesada sacola de rodinhas rua abaixo.                                         

...Estava apreensiva, pois não obtive resposta ao e-mail quando solicitei o adiamento da reserva. Porém, apesar da recepcionista informar que não havia recebido comunicado algum, para aquela noite, dispunha de vagas.                                                  


...Bagagem no quarto e logo fui à busca de um banco para sacar dinheiro. Afinal, não dispunha de qualquer peso chileno e àquela hora já não tinha mais casa de câmbio aberta. Dinheiro no bolso e fui ao restaurante El marítimo para fechar aquela noite com a única refeição decente do dia.


...Primeiro dia no Chile e tinha duas preocupações. A primeira foi resolvida rapidamente com a troca do albergue, pois para o segundo dia a vaga no Lili Patagônico’s não estava disponível. A outra era chegar ao escritório da Vértice Patagônia e saber se teria devolução de parte do dinheiro referente às duas diárias reservadas no Refúgio Paine Grande. Afinal, não tinha chegado no dia programado, mas fiz a reserva com pensão completa e tinha o direito de ser ressarcida com relação a esta parte ou até mesmo ter uma barraca de camping a minha disposição.

...Qual não foi a minha surpresa ao saber, após algumas explicações, que para os dois dias seguintes poderiam me conceder a reserva. Voucher na mão e saí para comprar alguns mantimentos no supermercado. No Hostel comprei a passagem para Torres del Paine, que vale para ida e volta. Curto um pouco mais a linda cidadezinha e vou para o Milfor, onde faço um lanche com um sanduíche de queijo e deliciosa mortadela chilena.


Milfor

...Numa casinha rosada de dois pavimentos, cortinas transparentes e sem chave na porta da frente, passei a segunda noite em Puerto Natales.

Foi nessa atmosfera de tranqüilidade, onde não precisei passar uma chave na porta para me sentir em segurança, que percebi como estava longe do meu País tão pouco seguro.


Orlado pelas montanhas nevadas da Cordilheira dos Andes, o canal Última Esperanza, banha Puerto Natales. Aqui as distâncias são curtas. Não há ônibus de linha e o taxi é quem cumpre a função de transporte coletivo. Mas há um porto de pequeno porte, onde desembarcam aqueles que, navegando pelos fiordes, chegam do norte.



O que se vê em suas ruas são as agências de turismo, os hostels, restaurantes, turistas e andarilhos com suas botas impermeáveis e suas mochilas nas costas. Afinal é daqui que sai a maioria dos que se destinam a percorrer as belezas do Parque Nacional Torres del Paine.

Comentários