Monastério de santa Catalina




Andar por suas ruelas me fez sentir a atmosfera pacífica transmitida pelo silêncio e beleza do lugar. Nem de longe lembrava a agitação e o burburinho da cidade que se movimentava do lado de fora.








Construído em finais do século 16, o convento ocupa 20.000 m² e só foi aberto à visitação pública em 1970.  mistura do estilo mudéjar com o nativo, utilizando sillar. Por conta da destruição provocada pelos terremotos, sua estrutura apresenta diversas épocas de construção o que lhe dá um aspecto peculiar.




















Calle Malaga
Uma cidade dentro de outra cidade

O Monastério possui vários aposentos distribuídos por ruas, três claustros, uma igreja e uma galeria com um rico acervo do período colonial, uma lavanderia do século 18 onde 20 grandes bacias de cerâmica são abastecidas por um sistema de calhas, além de uma grande cozinha.

Poço de água na grande cozinha

Lavanderia

As ruelas têm nome de cidades espanholas. Passei pela Calle Málaga, Toledo, Granada, Burgos, pela charmosa e branca Calle Córdoba, com seus vasos de terracota com gerânios e pela vibrante Sevilha, cujo ocre de suas paredes e arcos dão um toque especial entre todas do complexo.

Plaza Zocodober


Entrei em quase todas as celas abertas ao público, onde moraram as monjas. Algumas, muito simples, outras exibindo pequenos luxos revelando a classe social a que pertenciam.

 



Foi a riqueza de muitas famílias que possibilitou a decoração do mosteiro com valiosas obras de arte, que podem ser vistas tanto na Pinacoteca como também distribuídas em afrescos das paredes do Claustro Maior e do Los Naranjos, este todo pintado de azul.


Hoje, pouco mais de 20 freiras vivem em uma área interditada para visitantes. O complexo dispõe de lojas de artesanatos e uma acolhedora lanchonete, onde saboreei a melhor torta de limão de minha vida, acompanhada de um cafezinho.





Monasterio de Santa Catalina

Quanto:35 soles.

quando: 2ª/4ª/6ª/sab/dom das 08:00 às 17:00 horas
        3ª/5ª das 08:00 às 20:00 horas


É disponibilizado um mapa com informações básicas. Pode-se contratar o serviço de um guia. Não o fiz, mas acho que a visita ficará mais interessante. Recomenda-se que acerte o preço previamente.

Comentários