Copacabana


Atualmente é o maior centro de peregrinação da Bolívia, em virtude de abrigar a imagem da Virgem de Copacabana, santa mais reverenciada do país. Porém, desde a época dos incas o local já estava ligado ao aspecto religioso e ritualista, afinal teria sido aquela região o berço dos fundadores da dinastia inca.





A cidade se estende a beira do Lago Titicaca. Todas as manhãs e ao entardecer tinha o lindo visual de suas tranquilas águas, do Hotel Rosário del Lago.







Catedral

O último dia em Copacabana foi reservado para conhecer a Catedral. O guia do hotel, à medida que caminhávamos para o centro da pequena cidade, dava-me informações sobre a origem da imagem da padroeira local.
A Catedral, do Cerro Calvário


No século 16, a imagem da Virgem de Copacabana foi talhada pelo índio Tito Yupanqui. Por possuir fortes traços indígenas em suas feições e a achar tosca, foi rejeitada pelos religiosos da época. Apesar de triste, o indígena não desistiu e em nome de sua fé, fez várias tentativas, até obter a escultura que foi aprovada pela Igreja. Em 1925 a virgem foi considerada pelo vaticano a santa padroeira da Bolívia.



Tito Yupanqui
O Cerro Calvário, da Catedral


A trabalhada porta da catedral


                               


Ao chegarmos em frente a Catedral, estava sendo realizada uma cerimônia muito comum em Copacabana: a benção de automóveis. Trata-se de um ritual que mistura a fé católica com ritos incaicos. O padre aproxima-se para benzer o automóvel e garantir sucesso ao seu dono e familiares. Depois se inicia o agradecimento a Pachamama, que é a mãe-terra para os locais. Assim, são atiradas pétalas de flores e confete. Cerveja ou espumante são jogados em homenagem. mas, naquele dia, vi que a bebida utilizada era um grande litro de coca-cola. Segundo o guia, a bebida varia de acordo com as posses do dono do carro. Esse ritual é conhecido como Challa.



Fizemos uma breve visita ao interior da igreja e de lá seguimos para uma rápida passagem pela feira típica. Logo após o almoço, a van do hotel transportou a mim e um grupo de turistas até a capital boliviana.




 A feira e suas famosas Chollas









Passeios em Copacabana





RecomendoHotel Rosario del Lago
A linda paisagem do Titicaca vista dos janelões do quarto amplo e o cardápio de primeira do seu restaurante valem a nota 10 para o hotel.


Pátio do hotel








Comentários